Tamanho do texto

Com mais de 9 milhões de inscritos, o youtuber e cientista político Leon e esposa dele, também youtuber e jornalista Nilce, criaram polêmica nas redes

casal se abraçando arrow-options
Youtube/Reprodução
Com mais de nove milhões de seguidores, canal de Nilce e Leon é "queridinho" na internet

Com mais de 9 milhões de seguidores no YouTube, o casal Leon e Nilce causou polêmica nas redes sociais na sexta-feira (8) após fazer comentários sobre as comemorações pela libertação do ex-presidente Lula .

Leon, que é cientista político, e Nilce, que é jornalista, publicaram mensagens no twitter criticando a ideia de “messianismo” do povo brasileiro. “Não importa se é de esquerda ou de direita, brasileiro gosta de um messias . As pessoas não aprendem”, afirmou Leon.

Leia também: "Flerte inaceitável com fascistas", diz OAB sobre fala de Eduardo sobre AI-5

Nilce, por sua vez, disse que o “papo de que ‘só Lula salva o Brasil’ é de revirar o estômago”, reconhecendo que o governo de Bolsonaro , porém, é o pior do Brasil e que essa não é uma situação de “doisladismos”.

Os dois, que costumam fazer críticas ao governo de Jair Bolsonaro nas redes sociais, viraram rapidamente um dos assuntos mais comentados no Twitter , dividindo a opinião daqueles que queriam “os cancelar” e daqueles que os defendiam.

Leia também: Após polêmica, deputada vai distribuir livro que combate à “ideologia de gênero”

“Sim Leon, te entendemos. Porém Lula foi uma realidade útil nas áreas mais pobres do Brasil, fazendo, pela primeira vez, coisa que nenhum governo antes e depois do dele, fez”, afirmou uma das internautas. “Galera cancelando o Leon realmente não aprendeu muita coisa com a derrota para extrema direita”, afirmou o também youtuber Felipe Neto.

Horas após a publicação, a jornalista chegou a brincar com a repercussão das declarações. “Tão cancelando a gente agora, é? Chegou o meu momento?”, disse.

    Leia tudo sobre: lula