Lula
Marcelo Camargo
O ex-presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entrará com um pedido para que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) investigue procuradores da Lava Jato por terem grampeado conversa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com advogados. As informações são da Folha de S.Paulo.

Nesta terça-feira, diálogos obtidos pelo The Intercept Brasil revelaram que as conversas de Lula com seu advogado foram grampeadas em 2016. Nas conversas, o ex-presidente avaliava formas de falar com a ministra Rosa Weber, responsável por examinar o pedido de suspensão das investigações da Lava Jato. 

O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, afirmou que a iniciativa é ilegal. “O grampo ilegal, que violava o sigilo entre advogado e cliente, foi utilizado para planejar as estratégias jurídicas da Lava Jato”, disse. 

Leia também: Fux cassa liminar que impedia julgamento de Deltan Dallagnol no CNMP

De acordo com o jornal, as escutas de Lula foram enviadas Sérgio Moro pelo procurador Deltan Dallagnol. Além disso, os diálogos apontam que a força-tarefa teria ocultado informações importantes da ministra Rosa Weber antes de pedir apoio para continuar as investigações contra o ex-presidente. 

    Leia tudo sobre: Lula

    Veja Também

      Mostrar mais