Tamanho do texto

Discussão aconteceu após o assessor especial da Presidência, Filipe Martins, se mostrar a favor de que Eduardo Bolsonaro assuma o cargo de líder do PSL

Joice Hasselmann arrow-options
Marcos Brandão/Agência Senado
Deputado estadual ofendido por Hasselmann disse que vai acionar o Conselho de Ética pelo comportamento da deputada.

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) iniciou um bate-boca no Twitter após provocar o assessor especial da Presidência Filipe Martins na rede social. Na noite da última quarta-feira, após a disputa para destituir o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir, Martins publicou seu apoio para que o deputado Eduardo Bolsonaro assuma o cargo. Logo depois, escreveu: "A choice, not a echo" (em tradução, "uma escolha, não um eco"). Em seguida, Joice respondeu o tuíte com a letra da música do Village People, Macho Man.

Leia também: Ameaçado, líder do PSL na Câmara removeu cinco vice-líderes ligados a Bolsonaro

Momentos depois, ainda de madrugada, a deputada líder no governo na Câmara soltou uma indireta a Martins em seu perfil na rede. No post, Joice chamou de "frouxo" as pessoas, que independente do cargo, se escondem de uma postura conservadora.

"Respeito os 'viados' assumidos. Os que são corajosos. Os que se escondem no conservadorismo, fazem pinta de machões escondidos em suas pseudos canetas e ficam mandando indiretas como se fosse 'machos' não merecem meu respeito. Frouxo é frouxo, não importa o posto que tenha".

A postagem causou revolta ao deputado estadual Douglas Garcia , também do PSL . O parlamentar respondeu à colega de legenda chamando-a de "fiscal da vida íntima dos outros". Joice, então, retrucou: "Sentiu o baque, mona?". O ataque foi respondido por Douglas, que afirmou que deve acionar o Conselho Ético do partido pela postura da deputada.

Leia também: "Se alguém grampeou, é uma desonestidade", diz Bolsonaro sobre áudio vazado 

O PSL enfrenta um clima de tensão e de racha dentro do partido. Os atritos entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da sigla, o deputado federal Luciano Bivar (PE), vieram à tona nas últimas semanas, mas os desentendimentos entre os dois vêm crescendo desde o início do ano, quando foram divulgadas as primeiras denúncias sobre esquema de candidaturas laranjas no PSL. Na noite da última quarta-feira, deputados federais fizeram duas listas pedindo a permanência e a saída de Bivar da presidência do partido.