Governador João Doria participou de evento em Taubaté e foi vaiado por manifestantes
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Governador João Doria participou de evento em Taubaté e foi vaiado por manifestantes

Durante evento nesta terça-feira (15) na cidade de Taubaté, interior de São Paulo, o governador João Doria (PSDB) discutiu com manifestantes que apoiam o presidente Jair Bolsonaro (PSL). O tucano, ao ser vaiado e chamado de "Pinóquio", revidou e xingou um pequeno grupo de pessoas que estavam com uma caixa de som e cartazes.

Leia também: Doria afirma que deputados liberais do PSL serão bem-vindos no PSDB

"Vai pra casa, vagabundo! Vai pra sua casa. Vai comer sua mortadela com a sua mãe, seu sem vergonha", disse  Doria após exaltar o trabalho de policiais da cidade. "Enquanto vocês descansam, os policiais estão trabalhando, arregaçando as mangas pra trabalhar".

Na sequência, ainda ouvindo vaias, o governador insinuou que o líder do governo no Senado, Major Olimpio (PSL-SP), seu inimigo político, teria dado dinheiro para que as pessoas fossem se manifestar contra ele.

"Povo trabalhador, mostre que você trabalha. Mostre pra esses vagabundos que não têm o que fazer. Vai cobrar do Major Olimpio os seus 'duzentinho' pra vir aqui falar bobagem no microfone. Vai pra casa, aposentado. Vai pra casa, amigo", afirmou o tucano.

Você viu?

Leia também: Doria minimiza Bolsodoria e nega rixa com governo: “radicalismo atrasa o Brasil”

Assista ao momento no vídeo abaixo

Em seu Twitter, após o vídeo do entrevero entre apoiadores de Bolsonaro e Doria viralizar, Major Olimpio se pronunciou, saiu em defesa dos manifestantes e atacou o governador, com quem disputou a prefeitura de São Paulo nas eleições de 2016.

"Você é uma vergonha, Doria. Devia ter respeito por quem defende a população. Falar que um policial veterano é vagabundo, demonstra o quanto você despreza a polícia e não merece o cargo que ocupa. Oportunista! Nunca paguei nada pra te vaiarem, você apenas recebe o que merece", disse Olimpio.

Líder do governo no Senado, Major Olimpio (PSL-SP) atacou Doria no Twitter
Reprodução/Twitter
Líder do governo no Senado, Major Olimpio (PSL-SP) atacou Doria no Twitter

Leia também: Doria diz que não foi oportunista nas últimas eleições: "Não sou bolsonarista"

Na última semana, ao participar de evento da Polícia Militar paulista ao lado de Bolsonaro, Doria foi vaiado. Posteriormente, disse em entrevista que o moviemtno foi "orquestrado" por membros do PSL para "causar constrangimento".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários