Cabral foi condenado pela 12ª vez na Lava Jato e pena passa de 267 anos
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Cabral foi condenado pela 12ª vez na Lava Jato e pena passa de 267 anos

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral foi condenado pela 12ª na Lava Jato . Com isso, as penas dele já somam 267 anos e 9 meses — o cálculo já incluiu a revisão feita pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), que aumentou a punição de Cabral em um dos processos. Desta vez, o ex-governador responde por lavagem de dinheiro, corrupção passiva e evasão de divisas. 

Leia também: Ex-governador Sergio Cabral encaminha desfiliação ao MDB do Rio

O juiz Marcelo Bretas condenou, nesta terça-feira, Cabral a uma pena de 33 anos, 3 meses e 13 dias de prisão. Nas denúncias contra o ex-governador, o MPF relata a aquisição de  bens pelo emedebista mediante diversos atos de lavagem de dinheiro feita com a aquisição de joias, embarcação, custeio de aluguéis e funcionários, blindagem de veículos, fretamento de helicópteros e viagens internacionais.

Os procuradores apontaram que Cabral recebeu propinas de empreiteiras nos casos de obras como a reforma do Maracanã para a Copa do Mundo de 2014, Arco Metropolitano, PAC das Favelas e a construção da linha 4 do metrô. Em fevereiro deste ano, o emedebista passou a admitir que recebeu vantagens ilícitas.

Mudança negada

Mesmo após a autorização de Bretas para que Sérgio Cabral fosse transferido para o Batalhão Especial Prisional (BEP), em Niterói, a juíza Juliana Benevides, da Vara de Execuções Penais (VEP), negou a mudança , fazendo com que o político permaneça no presídio de Bangu 8.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários