JJoice Hasselmann e Gilberto Dimenstein
Montagem iG
Joice Hasselmann terá que pagar R$10 mil para cada dia que as postagens permanecerem no ar, até atingir o limite máximo de R$100 mil.

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF) determinou que a deputada federal e líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), retire do ar posts ofensivos direcionados ao jornalista Gilberto Dimenstein , como acusações de que ele fosse  “ativista comunista". A informação foi divulgada nesta sexta-feira (4) pelo Catratca Livre, portal de notícias criado por Dimenstein.

Leia também: Bolsonaro deixa indicação de Eduardo para depois da Previdência


O portal afirma que a cada dia que os posts ficarem no ar, a deputada terá que pagar R$ 10 mil, até atingir o limite de R$100 mil. Dimenstein se comprometeu a doar para a Orquestra Sinfônica Heliópolis o valor arrecadado caso Hasselmann não tire do os posts do ar.

A determinação ocorre um mês após a desembargadora do Tribunal de Justiça do Distrito Federal Vera Andrigui ter determinado que o site Catraca Livre tirasse do ar textos com críticas a Hasselmann , em setembro deste ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários