CCJ do Senado aprovou indicação de Augusto Aras para o comando da PGR
Pedro França/Agência Senado - 25.9.19
CCJ do Senado aprovou indicação de Augusto Aras para o comando da PGR

Empossado como novo procurador-geral da República, Augusto Aras começa a escolher os nomes que farão parte da sua equipe. Entre eles, aparece o general Roberto Severo, convocado pelo PGR com a missão de 'abrir a caixa-preta' do órgão.

Leia também: Eleições 2020: Haddad lidera em São Paulo; sem ele, Datena e Russomano comandam

Segundo informações do jornal Correio Braziliense, o objetivo de Aras é fazer levantamento de ações dos antecessores dele à frente da PGR e entender se haverá a necessidade de revisitar alguns dos casos.

Severo , escolhido para a funçaõ de Assessor Especial para Assuntos Estratégicos, já foi secretário-executivo da Secretaria-Geral da Presidência da República, mas foi exonerado no último mês de junho. Antes, foi chefe de gabinete do ex-ministro Eliseu Padilha na Casa Civil.

Antes desta escolha, Aras já havia definido o procurador Aílton Benedito para a Secretaria de Direitos Humanos do MPF . Benedito tem apoio de simpatizantes de Bolsonaro e foi até indicado para a Comissão Sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, mas acabou barrado pelo Conselho Superior do órgão.

Leia também: Mala milionária! Homem é preso com 850 mil euros em aeroporto no Rio de Janeiro

Na última sexta-feira (27), data em que o Diário Oficial da União anunciou a posse de Aras , outros nomes também foram divulgados . Entre as portarias publicadas estão a do novo vice-procurador-geral da República, José Bonifácio Andrada, e do novo secretário-geral do Ministério Público da União, Eitel Santiago. A Secretaria de Cooperação Internacional ficará com Hindemburgo Chateaubriand.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários