João Vaccari Neto
Rodrigo Félix Leal/Futura Press
João Vaccari Neto durante acareação da CPI da Petrobras, na sede da Justiça Federal, em Curitiba (PR).


O juiz Ronaldo Sansone Guerra , da 1ª Vara de Execuções Penais de Curitiba (PR), concedeu indulto para o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores ( PT ) João Vaccari Neto na quinta-feira (29). 

O "perdão" é referente à pena de 24 anos de prisão em uma condenação no âmbito da Operação Lava Jato

Leia também: Justiça confirma absolvição de Vaccari em caso ligado ao tríplex da Lava Jato

Na decisão, o magistrado escreveu que “julgo procedente conceder o ao sentenciado, com fulcro no art. 192 da LEP e art. 1º, inc. I c.c. indulto art. 2°, § 1°, inciso I, do Decreto n.º 9.246/2017, e, de consequência, declaro extinta a punibilidade do sentenciado 9.246/2017 em relação à ação penal n°5013405-59.2016.4.04.7000, nos termos do disposto no artigo 107, II, do Código Penal ."

Leia também: José Dirceu e Vaccari cogitam pedir anulações de condenações após decisão do STF

O juiz citava o indulto editado por Michel Teme r quando era presidente da República. A justificativa: o ex-tesoureiro não cometeu nenhuma falta grave nos 12 neses em que cumpriu a pena, ou seja, 16.67%. Vaccari, contudo, vai esperar decisões de outros processos. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários