Tamanho do texto

Declaração foi dada minutos após cerimônia de filiação do deputado federal Alexandre Frota no PSDB; novo tucano voltou a atacar Bolsonaro

frota arrow-options
Reprodução/Wikipedia
Alexandre Frota foi eleito deputado federal pelo PSL em São Paulo, mas foi expulso pelo partido

 Minutos após se filiar ao PSDB, em cerimônia com a presença do governador de São Paulo, João Doria, o deputado federal Alexandre Frota atacou novamente a família do presidente Jair Bolsonaro e o seu antigo partido, o PSL.

Leia também: Agora tucano, Frota já chamou PSDB de sujo e corrupto; veja vídeo

Questionado por jornalistas se é constrangedor estar na mesma legenda que Aécio Neves (MG), réu por corrupção e obstrução de Justiça,  Frota afirmou que a sua ex-sigla tem como filiado Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, filho do presidente, na Assembleia Legislativa do Rio. 

"Não fico. Imagina. Eu estava num partido que tinha o Queiroz", respondeu o novo tucano, na porta da sede do PSDB de São Paulo.

Queiroz é investigado pelo Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro após um relatório do Coaf apontar movimentação atípica em sua conta de R$ 1,2 milhão.

Leia também: Alexandre Frota confirma filiação ao PSDB e volta a atacar Bolsonaro

Frota evitou emitir opinião sobre Aécio, ex-presidente de seu novo partido: "O Aécio é um problema do partido e do Aécio. Eu estou chegando agora. E minha história com o partido começa agora."