Tamanho do texto

Deputado federal foi acusado de usar dinheiro da Câmara, entre 1997 e 2001, para pagar salário de servidora que trabalhava para sua produtora

IstoÉ

celso russomanno arrow-options
Ananda Borges Pimentel/Agência Câmara - 1.12.2015
Russomanno está em seu sexto mandato consecutivo como deputado

O deputado federal Celso Russomanno (PRB-SP) foi condenado a devolver os salários pagos com dinheiro público, entre 1997 e 2001, a uma secretária de seu gabinete que também trabalhava para uma empresa privada do parlamentar no mesmo período. As informações são do UOL .

Leia também: Usada para o "laranjal" do PSL, cota de candidaturas femininas pode acabar

A decisão do juiz afirma que a servidora Sandra de Jesus Bernardo Nogueira exercia, ao mesmo tempo, atividades parlamentares e na produtora de vídeos Night and Day Promoções, que Russomanno é sócio majoritário. Ela também teria sido paga, na produtora, com recursos da Câmara.

O valor a ser ressarcido não foi informado pela Justiça. A irregularidade teria ocorrido entre o primeiro mandato e o segundo de Russomanno na Câmara. Atualmente, ele está em seu sexto mandato consecutivo como deputado.

Leia também: Por unanimidade, STF impõe derrota a Bolsonaro e devolve demarcações à Funai