Tamanho do texto

Alexandra Menezes defendia Flávio dos Santos acusado de participar no assassinato do pai adotivo, Anderson do Carmo; ela alegou motivos pessoais

Filho Flodelis arrow-options
Cléber Mendes /Agência O DIA
Flávio Rodrigues, filho da deputada Flordelis, foi preso após enterro.

A advogada Alexandra Menezes, uma das responsáveis pela defesa de Flávio dos Santos, filho da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) e acusado de participar do assassinato do pastor Anderson do Carmo, deixou o caso nesta terça-feira (23). Após protocolar seu desligamento, ela seguirá prestando serviços ao acusado por mais dez dias, conforme determina a lei.

Leia também: Sem defesa! Filho preso de Flordelis dispensa advogados contratados pela mãe

Na última semana, a Justiça prorrogou por mais 30 dias a prisão temporária de Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cézar dos Santos de Souza, filho adotivo de Flordelis e Anderson. A decisão foi tomada após pedido da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, responsável pela investigação do caso. O Ministério Público estadual do Rio deu parecer favorável à manutenção da prisão dos dois suspeitos.

Os dois são investigados pelo assassinato de Anderson do Carmo . Eles são mantidos presos, por decisão judicial, na DHNSG . A Justiça decretou a prisão de ambos, pela primeira vez, no dia 20 do mês passado. O prazo para a prisão temporária pelo crime de homicídio é de 30 dias, e pode ser renovado por mais 30.

Leia também: Filho de Flordelis pede justiça pela morte do pai e ataca irmãos: "eram aquém"

A morte do pastor Anderson do Carmo completou um mês nessa terça-feira. Ele foi assassinado dentro da casa da família, em Pendotiba, Niterói. Flávio, que é filho biológico apenas de Flordelis , confessou ter matado o padrasto, mas a defesa quer que a confissão seja anulada. Policiais da DH encontraram no quarto de Flávio a pistola usada no crime. Um exame de confronto balístico feito pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli confirmou que a arma foi usada para executar Anderson.