Tamanho do texto

Rui Costa divulgou um vídeo explicando que não estará presente na inauguração do aeroporto Glauber Rocha depois do presidente "agredir o povo nordestino e o povo da Bahia"

Rui Costa arrow-options
Mateus Pereira/Governo da Bahia
Rui Costa (PT), governador da Bahia, afirmou que não vai a evento com Bolsonaro após fala preconceituosa do presidente


O governador da Bahia, Rui Costa (PT), cancelou a sua ida à inauguração do aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, nesta terça-feira (23), depois de se sentir ofendido pelo presidente Jair Bolsonaro. Na sexta (19), durante conversa com Onyx Lorenzoni, o presidente afirmou que "dos governadores de 'paraíba', o pior é o do Maranhão". A frase foi motivo de repúdio de alguns governadores do Nordeste.

Leia também: Bolsonaro em vazamento: "Dos governadores de 'paraíba', o pior é o do Maranhão"

Em vídeo publicado nas redes sociais, Rui Costa afirma que convidou Bolsonaro para a inauguração na Bahia por educação, mas achou melhor não comparecer após não receber o mesmo respeito do presidente.


“Exercitando a boa educação que aprendi, convidei o governo federal a se fazer presente no ato de inauguração, nesta grande festa. Infelizmente, confundiram a boa educação com covardia, e desde então, temos presenciado agressões ao povo do Nordeste e ao povo da Bahia”, disse o governador.

Leia também: Bolsonaro diz que falam do 'Nordeste como se fosse outro país'

Em sua defesa, Bolsonaro afirmou que tem grande respeito por todo o Nordeste e que a sua fala não incluia o termo 'paraíba'.

A citação com a palavra pejorativa vazou atráves de um áudio da TV Brasil e foi dita minutos antes do início do café da manhã do presidente com jornalistas estrangeiros.

Leia também: Público reage a comentário de Bolsonaro com frases exaltando Nordeste

A visita à Bahia vai ser a primeira de Bolsonaro ao Nordeste após a frase. O Estado é um dos quatro da região em que o PT elegeu governador. Os outros são Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí.