Tamanho do texto

Reação do público a comentário do presidente, que classificou estados nordestinos como “Paraíba”, é segundo assunto mais comentado no Twitter

Bolsonaro fez comentário sobre Nordeste antes de coletiva de imprensa arrow-options
Marcos Corrêa/PR - 19.7.19
Presidente Jair Bolsonaro disse que fome no Brasil "é uma grande mentira"

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro chamar governadores nordestinos de “paraíbas”, jornalistas, políticos e outros internautas reagiram nas redes. Com exaltações à região brasileira, a hashtag #OrgulhodoNordeste era a segunda mais comentada do twitter na manhã deste sábado (20).

A jornalista Miriam Leitão, anteriormente hostilizada pelo presidente, que negou o fato de ela ter sido torturada durante a ditadura, foi uma das primeiras a se posicionar exaltando o Nordeste . “Um dos orgulhos que eu tenho na vida é de ser filha de nordestino. Meu pai era pernambucano. Nascido em Recife, criado em Garanhuns”, disse.

Leia também: "Não tô vendo nenhum magro", diz Bolsonaro a jornalistas após fala sobre fome

A polêmica

O presidente Jair Bolsonaro classificou toda a região Nordeste do Brasil como “ Paraíba ” em comentário com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, pouco antes de conversa com jornalistas estrangeiros. "Daqueles governadores de... Paraíba, o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara", falou. Ele não sabia que o seu microfone estava ligado

O governador do Maranhão , Flávio Dino, diretamente citado no comentário do presidente, também se posicionou por meio das redes sociais. "Lamento e espero explicações, pois isso é algo realmente inédito e incompatível com a Constituição", afirmou. O governador da Paraíba, João Azevêdo, também se posicionou. “A Paraíba e seu povo, assim como o Maranhão e os demais estados brasileiros, existem e precisam da atenção do Governo Federal independentemente das diferenças políticas existentes”, disse.

    Leia tudo sobre: