Tamanho do texto

Assim como Sergio Moro, Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia, Ministro da Economia está esperançoso com a votação do projeto sobre a Previdência

Depois de acompanhar o jogo da Copa América ao lado do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o ministro da Economia, Paulo Guedes, assegurou que com a vitória do Brasil falta apenas a aprovação da reforma da Previdência para que o país tenha “o melhor dos mundos”.

Leia também: "Guedes não é obrigado a continuar como ministro", admite Bolsonaro

Paulo Guedes
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Paulo Guedes

"Espero que nesta semana tenhamos o melhor dos mundos: o Brasil já é campeão, falta só a aprovação da reforma da Previdência ", disse Paulo Guedes entusiasmo com o triunfo no futebol e esperançoso com a votação da reforma na Câmara.

Leia também: "Entendo a angústia do presidente", diz Paulo Guedes em relação a Levy

Antes de embarcar para o Rio, o presidente Jair Bolsonaro disse, em Brasília, que o resultado da votação da reforma seria “o mesmo do Brasil contra o Peru” na Copa América . Segundos antes, o chefe de Estado arriscara um placar de “2 x 0”, que no final concretizou-se "3 x 1".

Horas antes, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, apontou que o governo conta com 330 votos favoráveis ao projeto na Câmara dos Deputados. A declaração fora dada após se reunir com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Leia também: Número 2 de Paulo Guedes defendeu projeto criticado por Jair Bolsonaro

Para ser aprovada, a reforma da Previdência precisa ter o apoio de, no mínimo, 308 deputados em dois turnos de votação, número correspondente a 60% dos 513 parlamentares da Casa. A análise da reforma pelo plenário da Câmara começa nesta terça-feira (09).

    Leia tudo sobre: futebol