Tamanho do texto

Conversas divulgadas pelo Intercept mostram críticas de procuradores após Moro aceitar cargo de Ministro da Justiça: “ruim para o legado da Lava Jato”

O The Intercept publicou mais uma série de diálogos vazados na madruga deste sábado (29), dessa vez entre procuradores que criticam Sérgio Moro, acusando-o e “sempre violar o sistema acusatório”. Quem fez o comentário foi a procuradora-geral do MP de Osasco e Barueri (SP), Monique Cheker.

bolsonaro ao lado de moro
Marcos Corrêa/PR
Moro foi criticado por procurados ao aceitar ser Ministro de Bolsonaro: “ruim para o legado da Lava Jato"

Nas imagens divulgadas pelo Intercept, ela conversa com o procurador do MPF de São José dos Campos (SP) Ângelo Augusto Costa.  O diálogo seria de 1º de novembro de 2018, horas antes de Sérgio Moro ser anunciado como Ministro da Justiça de Bolsonaro.

Leia também: Juízes fazem moção de apoio a Moro, que corre risco de ser expulso de associação

Ângelo teria dito ainda que “Não confia em Moro”, fato que Monique concordou: “Moro é inquisitivo, só manda para o MP quando quer corroborar suas ideias, decide sem pedido do MP (váriasssss vezes) e respeitosamente o MPF do PR sempre tolerou isso pelos ótimos resultados alcançados pela lava jato”, completou o procurador do MPF de São José dos Campos (SP).

Em outro diálogo, dessa vez num grupo intitulado “Filhos do Januário 3”, a procurado da força-tarefa da Lava Jato , Isabel Groba comenta a visita que Moro fez a Bolsonaro antes de ser oficializado como Ministro: “É o fim ir se encontrar com Bolsonaro e semana que vem ir interrogar o Lula”.

Apesar de fazer denúncias diretas ao Ministro, a percepção entre os procuradores que tiveram diálogos vazados é que a presença de Moro no Ministério afetaria a credibilidade da Lava Jato : “Se aceitar (ser Ministro) vai confirmar para muitos a teoria da conspiração. Vai ser um prato cheio. Às vezes, o convite, ainda que possa representar reconhecimento (merecido), vai significar para muita gente boa e imparcial, que nos apoia, sem falar da imprensa e o PT, uma virada de mesa, de postura, incompatível com a de Juiz”, opinou o procurador Antônio Carlos Welter.

O procurador Sérgio Luiz Pinel Dias ainda comentou, em outro grupo, que a posição de Moro como Ministro seria “ruim para o legado da Lava Jato, por melhor que sejam as intenções dele”.

“Tem toda a técnica e conhecimento para ser um excelente ministro da Justiça”, comentou no mesmo grupo de Monique Cheker o procurador-chefe do MPPF no Pará Alan Mansur. Mas ele também fez suas ressalvas: “o fato de ter aceitado, neste momento, entrar na política e desta forma, é muito ruim pra imagem de imparcialidade do sistema de justiça e MP em geral”.

Leia também: Ministros querem julgamento de mensagens de Moro e Dallagnol, mas não no STF

Resposta

Monique Cheker não se pronunciou sobre o assunto, mas no Twitter ela compartilhou uma notícia de O Antagonista que põe em dúvida a veracidade das mensagens. Na manhã deste sábado, a hashtag “Eu Não Confio no Moro ” estava em primeiro nos trending topics brasileiro.