Tamanho do texto

Ministro foi convidado a prestar esclarecimentos sobre conversas vazadas com procuradores, mas não compareceu por conta de uma viagem aos EUA

Sérgio Moro
Pedro França/Agência Senado - 19.6.19
Sergio Moropode ser convocado a prestar esclarecimentos na Câmara


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, pode ser convocado a prestar esclarecimentos na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. É o que quer o parlamentar Márcio Jerry (PCdoB-MA), que enviou um requerimento na última segunda-feira (24) para apreciação do presidente da CDHM, Helder Salomão (PT-ES).

Sérgio Moro chegou a ser convidado a comparecer na Câmara, mas adiou a visita aos deputados após confirmar uma viagem aos Estados Unidos na última segunda-feira (24).

Leia também: Alcolumbre vê violação ética de Moro: "Fosse um parlamentar, já estaria preso"

O site The Intercept Brasil revelou trocas de mensagens pelo aplicativo Telegram entre o atual ministro e procuradores da força-tarefa da Lava Jato . Na época, Moro era juiz federal, responsável pelos julgamentos de réus investigados pela operação.

“Os fatos revelados são de enorme e inédita gravidade na história do Judiciário e do Ministério Público, onde o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, passam da condição de julgadores e acusadores implacáveis à de suspeitos de terem utilizado ilegalmente os cargos com o objetivo de praticarem perseguição política”, escreveu Márcio Jerry no requerimento .

Leia também: Depoimento de Moro na Câmara é "dispensável", defende líder do governo

Na última quarta-feira (19), Moro participou de uma audiência na Comissão de Cidadania e Justiça (CCJ) do Senado, na qual respondeu as perguntas de senadores referentes às denúncias do The Intercept Brasil.