Senador Major Olímpio
REPRODUÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
Major Olímpio é o líder do PSL no Senado

O líder do PSL no Senado, Major Olímpio, comemorou nessa quarta-feira (17) o suicídio do ex-presidente do Peru Alan García e disse esperar que "a moda pegue no Brasil". O senador afirmou ainda que a atitude seria "uma grande economia para o País". 

Leia também: Major Olímpio usa mordaça para protestar contra a censura do STF

"O ex-presidente do Peru se suicidou ao ser preso. Tomara que esta moda pegue aqui no Brasil. Seria uma grande economia para o país", escreveu Major Olímpio em sua conta do Twitter. 





Alan García comandou o Peru entre 2006 e 2011 e morreu na manhã de ontem. Ele  deu um tiro na cabeça após receber uma ordem de prisão, acusado de ter sido beneficiado com propina da empreiteira brasileira Odebrecht. O ex-presidente do Peru foi levado ao hospital Casimiro Ulloa, mas não resistiu. 

O comentário de Major Olímpio causou polêmica no Twitter e dividiu a opinião dos seguidores. "Declaração imbecil, impertinente e lamentável. E olha que eu achava o sr um dos menos malucos do PSL", escreveu um usuário. "Seria legal que os aliados do PT também fizessem isso... principalmente os que se elegeram com votos da direita", escreveu outra seguidora do senador. 

    Veja Também

      Mostrar mais