Tamanho do texto

Internautas acusam o presidente da República de disseminar notícias falsas pela internet; Bolsonaro está em Israel e tem agenda cheia nesta segunda

undefined
Divulgação/Planalto
Oposição dedicou o Dia da Mentira, comemorado todo o dia 1º de abril, ao presidente Jair Bolsonaro; entenda

A já tradicional brincadeira brasileira de 1º de abril – o chamado Dia da Mentira – não se demorou neste ano. Afinal, esta segunda-feira (1º) amanheceu com o assunto aparecendo entre os principais termos publicados nas redes sociais. O tema foi lembrado pelos usuários com o termo "Primeiro de Abril" e com as hashtags #1deabril e #BolsonaroDay.

Leia também: PT, PSOL e PSB formalizam bloco de oposição a Bolsonaro na Câmara

Essa última foi promovida pela oposição do governo. Primeira entre os assuntos mais comentados no Twitter, a hashtag representou uma crítica ao presidente da República, em uma referência à crescente disseminação de notícias falsas nas redes sociais, chamadas pelo próprio presidente de fake news.  Segundo os internautas contrários ao presidente, o Dia da Mentira , neste ano, seria uma homenagem a Bolsonaro. 

Confira algumas das publicações que levam a hashtag promovida pela oposição do governo:

Presidente não comenta a manifestação online

Por sua vez, o presidente ignorou o movimento da oposição no Twitter neste Dia da Mentira e, em suas mais recentes publicações na rede social, fez declarações sobre a sua viagem a Israel . Bolsonaro celebrou o encontro com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e a aproximação entre os países. "Queremos fazer com que o Brasil se aproxime cada vez mais do que há de melhor no mundo", escreveu.