Tamanho do texto

Em texto publicado em 2014, a parlamentar, que hoje é líder do governo no Congresso, dizia que a candidatura de Bolsonaro à Presidência era uma piada

Bolsonaro e a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann, em reunião com integrantes da base do governo
Marcos Corrêa/PR - 12.3.19
Bolsonaro e a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann, em reunião com integrantes da base do governo

Líder do governo Bolsonaro no Congresso Nacional, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) nem sempre foi apoiadora do atual presidente da República. Isso é o que lembrou, na madrugada deste sábado (23), o ator José de Abreu, em publicação feita no Twitter e amplamente compartilhada pela oposição.

Leia também: Joice diz que ainda não é hora de Bolsonaro baixar o tom na web: "Choro é livre"

Em resposta, na tarde de hoje, a deputada reafirmou sua mudança de posicionamento e assumiu que errou. "Para você ver como às vezes erramos na avaliação. Conheci Jair Bolsonaro e vi o quanto ele é decente e corajoso. Fiz campanha por ele, rodei esse País com um guerreiro", disse Joice Hasselmann .

A declaração da deputada foi dada numa resposta direta ao deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP), que compartilhou o conteúdo publicado pelo ator global.

Para finalizar seu contraponto, a parlamentar citou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, líder do partido de Padilha. "Já você, dizia que Lula era honesto. Minha aposta virou presidente. Seu 'honesto' virou presidiário", disparou ela.

Leia também: Joice Hasselmann nega briga com Eduardo Bolsonaro e posta foto fazendo coração

O tweet de José de Abreu acompanha o link de uma publicação feita no blog de Joice, em maio de 2014. No texto, a então jornalista dizia que Bolsonaro, a quem chamou de "fofo e meigo" não poderia ser levado a sério ao defender a ideia de se candidatar à Presidência do País. "Uma piada", dizia ela.

"Você aí, já imaginou Bolsonaro comandando o Brasil? Faltariam paredões de fuzilamento", escreveu Joice, à época.

Nas eleições de 2018, no entanto,  Joice Hasselmann  declarou amplo apoio à campanha presidencial de Jair Bolsonaro, assumindo inclusive a posição de "Bolsonaro de saias" em sua própria campanha à Câmara dos Deputados. O apoio foi retribuído quando  Joice foi declarada a líder do governo no Congresso.