Tamanho do texto

Paulo Teixeira afirmou que conduta do presidente pode ser enquadrada em “crime de divulgação, sem o consentimento da vítima, de pornografia”

Jair Bolsonaro publica vídeo com conteúdo pornográfico no Twitter e pode ser denunciado por quebra de decoro
Reprodução/Twitter
Jair Bolsonaro publica vídeo com conteúdo pornográfico no Twitter e pode ser denunciado por quebra de decoro

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) afirmou que o partido entrará com uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL) por conta do vídeo obsceno postado na conta oficial do presidente no Twitter.

Para Teixeira, a conduta de Jair Bolsonaro se enquadra no “crime de divulgação, sem o consentimento da vítima, de cena de sexo, nudez ou pornografia”. A lei publicada em setembro do ano passado prevê reclusão, de um a cinco anos, se o fato não constitui crime mais grave. 

As imagens publicadas por Bolsonaro mostram dois homens dançando em cima de um ponto de táxi, em um bloco de rua no Carnaval de São Paulo. Em um dado momento, um dos foliões coloca o dedo no próprio ânus. Mais tarde, esse mesmo homem se abaixa para o outro urinar na sua cabeça.

Leia também: "Nada justifica o presidente compartilhar pornografia", diz Kim Kataguiri

"Não me sinto confortável em mostrar, mas temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades. É isto que tem virado muitos blocos de rua no Carnaval brasileiro. Comentem e tirem suas conslusões (sic)", escreveu o presidente. A publicação foi feita ontem às 15h08 e o vídeo foi gravado no desfile do Blocu, em São Paulo, na última segunda-feira (4).

As imagens chocaram tanto os apoiadores de Bolsonaro quanto aqueles que se declaram como oposição ao governo. Isso porque o Twitter do presidente possui mais de 3,45 milhões de seguidores, incluindo menores de idade, e a publicação pode ser vista sem restrições.

Nesta terça, o assunto amanheceu sendo o mais comentado na rede social. A hashtag # ImpeachmentBolsonaro está no topo dos Trending Topics (TTs) do Twitter desde as primeiras horas do dia, seguida porém pela hashtag # BolsonaroTemRazão.

Leia também: Polêmica de Bolsonaro sobre "golden shower" repercute na imprensa internacional

O termo usado na campeã de publicações veio à tona porque muito internautas viram motivo para alegar, nessa publicação de Jair Bolsonaro , que houve quebra de decoro – uma das razões que podem levar um político a ser julgado por crime contra a probidade na administração. Apesar da publicação de ontem, Bolsonaro usa o Twitter intensamente para anunciar medidas do governo e se comunicar com a população.