Tamanho do texto

Tereza Cristina criticou quem leva para o mundo uma "imagem do Brasil que não é verdadeira" e defendeu que o país se preocupa com a preservação

Tereza Cristina afirmou que irá convidar a modelo Gisele Bündchen para ser embaixadora do Ministério da Agricultura
Antonio Cruz/Agência Brasil
Tereza Cristina afirmou que irá convidar a modelo Gisele Bündchen para ser embaixadora do Ministério da Agricultura

A nova ministra da Agricultura, Tereza Cristina , afirmou que irá convidar a modelo Gisele Bündchen para ser embaixadora da pasta. Em entrevista a Jovem Pan, a ministra fez críticas a quem “vai lá fora levar uma imagem do Brasil que não é verdadeira” e disse que a modelo, ativista em causas ambientais, deve mostrar que o Brasil produz “alimentos para o mundo preservando a natureza”.

Na entrevista, a ministra defendeu que não há nenhum país no mundo com uma lei de preservação ambiental como a do Brasil e disse que Gisele Bündchen deveria divulgar que o país preserva o meio ambiente “e não vir aqui meter o pau no Brasil sem conhecimento de causa”.  

Nos últimos anos, a modelo brasileira tem se destacado na luta pelas causas ambientais. No ano passado, enquanto a equipe de transição de governo de Jair Bolsonaro (PSL) cogitava unificar as pastas da Agricultura e Meio Ambiente, Gisele divulgou uma carta ao então presidente eleito se manifestando contra a fusão desses ministérios.

Na mensagem a Bolsonaro , a modelo apontou as relevâncias e divergências entre os ministérios: "Como defensora do meio ambiente e cidadã brasileira, preciso manifestar a preocupação com a proposta de união entre os Ministérios do Meio Ambiente e da Agricultura. Dois órgãos de imensa relevância nacional e que têm agendas próprias, e por vezes, incompatíveis", escreveu.

"Fragilizar a autoridade representada pelo Ministério do Meio Ambiente, no momento em que as preocupações com as ameaças da mudança climática e do desmatamento se intensificam pode ser desastroso e um caminho sem volta", a modelo ainda chegou a alertar.

Gisele finalizou o apelo enaltecendo o valor e a necessidade dos cuidados com o meio ambiente: "A natureza é o nosso bem mais valioso na Terra, e preservar o meio ambiente é essencial para o futuro dos nossos filhos e próximas gerações. Por favor, permita que não retrocedamos décadas de luta pelas florestas. Com respeito e gratidão, Gisele".

A modelo também se manifestou, em 2017, contra duas Medidas Provisórias que alteravam os limites da Floresta Nacional (Flona) do Jamanxim, no Pará, e também poderia diminuir áreas preservadas na Amazônia.

Pelo Twitter, Gisele pediu que o então presidente Michel Temer vetasse as medidas polêmicas. “É nosso trabalho proteger nossa Mãe Terra. @MichelTemer, diga NÃO para reduzir a proteção na Amazônia!”, escreveu.

Com críticas de diversos lados, o então presidente acabou decidindo vetar as MPs. Na época, a informação sobre os vetos foi divulgada por meio do Twitter do presidente ao  responder a publicação de Gisele Bündchen .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.