Tamanho do texto

Ministro da Casa Civil disse que tema foi conversado na reunião ministerial e faz parte das promessas de Jair Bolsonaro que serão realizadas em breve

Onyx Lorenzoni afirma que decreto do posse de armas deve sair em breve
Alan Santos/PR
Onyx Lorenzoni afirma que decreto do posse de armas deve sair em breve


O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, garantiu que o decreto que visa flexibilizar a posse de armas para os brasileiros deve sair na próxima semana. Nesta terça-feira (8), o tema foi tratado na segunda reunião de Jair Bolsonaro com todos os seus ministros. O tema, defendido pelo presidente desde os tempos de parlamentar, tem o apoio do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Leia também: Reunião ministerial traz novas ideias ao governo, mas não fala sobre reformas

De acordo com Onyx, Bolsonaro vai diminuir a burocratização para a posse de armas por meio de um decreto lançado pelo Ministério da Justiça. De acordo com o ministro, o termo vai garantir que cidadãos sem antecedentes criminais possuam armas de fogo.

O decreto visa liberar a posse, mas não o porte de armas. Desta forma, os brasileiros estarão livre para terem armas de fogo em suas residências, tanto na área rural, como urbana, mas não poderão carregar os objetos consigo pelas ruas.

Em entrevista ao SBT , no último dia 3, entretanto, Jair Bolsonaro anunciou que também pretende diminuir as exigências para que alguns possuam o porte.

Leia também: Mulher de Moro defende o novo governo nas redes sociais: "Esperem e verão"

Ao citar o decreto, Onyx Lorenzoni lembrou que a ação nada mais é do que um “compromisso de campanha” de Bolsonaro e, portanto, é uma promessa que precisa ser cumprida o quanto antes, para honrar os votos recebidos.

A segurança pública voltou a ser tema destacado por Bolsonaro em seu twitter hoje. O presidente pediu um trabalho conjunto do Planalto junto a as lideranças estaduais e regionais do País.

“Presidente, Governadores, Prefeitos, deputados federais, estaduais, vereadores e judiciário têm que ser cobrados para que dias melhores aconteçam quanto a segurança pública! Agir em conjunto sem jogo de empurra é um grande passo para dar a resposta que os brasileiros tanto pedem”, escreveu.

Outras promessas do presidente além da flexibilização da posse de armas , como o fim da ‘indústria das multas ambientais’ e a reformulação do Estatuto do Desarmamento, também foram discutidos na reunião ministerial desta terça-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas