Tamanho do texto

Deputado federal eleito pelo PSL, partido de Bolsonaro, o ator afirma que Saulo Meira Serra, da equipe de transição, compactua com ideais do PT

Alexandre Frota diz que tem um
Reprodução
Alexandre Frota diz que tem um "petista" na equipe de transição


Deputado federal eleito para a próxima legislatura pelo PSL, partido de Jair Bolsonaro, o ator Alexandre Frota usou a sua conta pessoal no twitter para fazer uma ‘denúncia’ ao presidente eleito. Segundo ele, o empresário Saulo Meira Serra, que faz parte da equipe de transição e será secretário-adjunto de Turismo no próximo governo, é adepto das ideias do PT.

Leia também: Ex-ministra de Dilma vence Alexandre Frota em ação sobre apologia ao estup ro

Para defender sua denúncia, Alexandre Frota postou uma foto de Saulo ao lado de Dilma Rousseff e do atual governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, que também é do PT. A O retrato em questão foi tirado em 2013, em uma cerimônia de formatura de alunos do Pronatec de Belo Horizonte.

“Estão trazendo petistas para dentro do governo de Jair Bolsonaro. Esse Saulo lobista do PT está na transição e no Turismo. Já cansei de avisar, mas nós somos os errados. Esse governo foi escolhido por amigos, filhos, compadres e militares, ok, mas será que ninguém está vendo que está vendo que o PT está chegando?”, escreveu o futuro deputado em sua rede social.


Saulo Meira Serra é mineiro e um dos sócios da Nexxo representações Ltda. A empresa é especializada em consultoria de gestão empresarial e possui atividades de apoio à educação. Entre esses incentivos estão ações para o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), criado em 2011. Daí a participação do empresário em uma formatura de alunos do programa. Apesar das acusações, Saulo não é filiado ao Partido dos Trabalhadores.

Leia também: Bolsonaro diz querer ver Alexandre Frota como ministro da Cultura

Assumidamente de ideologia liberal, Frota é um crítico ferrenho do PT muito antes de se filiar ao PSL e sonhar ser deputado federal . Ele, inclusive, chegou a se reunir com o então ministro da educação do governo Temer, Mendonça Filho (DEM), para apresentar propostas do projeto “Escola sem partido”.

Leia também: Alexandre Frota é acusado de manipular índio para apoiar Bolsonaro; ex-ator nega

Ator, ele também promete lutar por mudanças na Lei Roaunet. Em outro post em seu twitter, Alexandre Frota destaca que quase 90% dos projetos incentivados pela lei são irregulares.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.