Tamanho do texto

Carlos Bolsonaro é vereador no Rio de Janeiro e principal responsável pelo comando das redes sociais do pai; convite foi confirmado por Jair Bolsonaro

Carlos Bolsonaro, terceiro filho de Jair Bolsonaro, é vereador no Rio de Janeiro
Renan Olaz/ CMRJ
Carlos Bolsonaro, terceiro filho de Jair Bolsonaro, é vereador no Rio de Janeiro


Terceiro filho de Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro pode ter um cargo importante no próximo governo. De acordo com O Antagonista , o político é cotado para assumir o Ministério das Comunicações. A informação foi confirmada pelo próprio presidente eleito em entrevista ao site.

Leia também: Mozart Neves é o favorito a assumir o Ministério da Educação

“O cara é uma fera nas mídias sociais e tem sangue na boca, então tem tudo para dar certo”, disse Bolsonaro ao justificar a possibilidade de indicar Carlos Bolsonaro para um cargo de confiança a partir de 2019. Atualmente, ele é responsável por comandar o twitter oficial e a fan page do presidente eleito no Facebook.

Carlos está no seu quinto mandato como vereador do Rio de Janeiro. Em outubro de 2000, data de sua primeira eleição, foi eleito com apenas 17 anos, se tornando o parlamentar mais jovem da história da cidade. Seus outros dois irmãos são deputados: Flávio Bolsonaro é deputado estadual e será senador a partir de 2019 e Eduardo Bolsonaro é deputado federal reeleito para 2019.

Leia também: Gal. Augusto Heleno diz que aproximação com o DEM é "coincidência"

De acordo com a entrevista do Antagonista com o presidente eleito, o convite já foi feito e depende de Carlos avaliar os “prós e contras” para que o anúncio seja feito de forma oficial.

“O Carlos é o meu pitbull, ele sempre está do meu lado, mas ele ainda está na dúvida. Só de ele estar do meu lado ali, já me ajuda bastante”, disse Jair Bolsonaro.

Desde que assumiu o governo, Michel Temer juntou a pasta das Comunicações junto das de Ciência, Tecnologia e Inovações. Atualmente é o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD) que toma conta do ministério.

Como já escolheu Marcos Pontes como ministro da Ciência e Tecnologia , Bolsonaro teria que separar a Secom (Secretaria de Comunicações) do atual ministério para que Carlos assuma apenas a pasta referente a Comunicações.

O curioso é que no mesmo dia em que teve seu nome cogitado para o ministério , o vereador do Rio de Janeiro atacou em peso boa parte da mídia em seu twitter. Segundo ele, há muitas notícias falsas sobre o novo governo.

“Não seja enganado pela mídia que em conluio com urubus próximos inventam de todo lado. Trata-se de uma simbiose de quem sempre fez parte do sistema com o sistema descarado. Quem não tem capilaridade usando quem tem para tirar proveito pessoal e no fim o Brasil perde!”, escreveu.

Além de Flávio, Eduardo e Carlos Bolsonaro , Jair Bolsonaro também é pai de Laura, fruto do seu segundo casamento, com sua atual esposa, Michelle.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.