Tamanho do texto

A esposa do candidato ao governo do Estado de São Paulo, Bia Doria, não chegou a acompanhar o marido na hora do voto; tucano votou pela manhã

Doria vota em São Paulo, ao lado da deputada eleita pelo PLS, em São Paulo, Joice Hassellmann, e do prefeito Bruno Covas
Reprodução/Twitter
Doria vota em São Paulo, ao lado da deputada eleita pelo PLS, em São Paulo, Joice Hassellmann, e do prefeito Bruno Covas

O candidato ao governo do Estado de São Paulo João Doria (PSDB) chegou, por volta das 8h48 deste domingo (28), a um colégio, localizado na zona oeste da cidade de São Paulo, onde ele vota. O tucano chegou ao lado do seu candidato a vice, Rodrigo Garcia (DEM), do prefeito paulistano Bruno Covas e da jornalista e deputada eleita pelo PSL, Joice Hassellmann. Doria vota no Colégio Britânico, no bairro dos Jardins. 

Leia também: Camisetas, selfies e broches: veja o que pode e o que não pode no dia da eleição

A esposa do candidato do PSDB, Bia Doria, não foi vista no local, acompanhando o seu marido, como o fez no primeiro turno das eleições 2018. Porém, outra pessoa que foi vista onde Doria vota , que se dedicou a acompanhar o voto do tucano, foi a senadora do PSDB, eleita por São Paulo, Mara Gabrilli. 

“Estamos tecnicamente empatados, temos vindo assim desde o início do segundo turno. Ninguém tinha dúvidas de que seria uma campanha acirrada”, afirmou o candidato. Doria acrescentou que a apuração hoje à noite será emocionante e que a disputa será “voto a voto”.

A última  pesquisa Ibope em São Paulo para o segundo turno divulgada neste sábado (27) indica uma  reviravolta nas eleições para o governo do Estado. O atual governador, Márcio França (PSB), está empatado com o ex-prefeito da capital João Doria, do PSDB. O tucano e o candidato do PSD tem 50% dos votos válidos cada, de acordo com o levantamento. Nesta última pesquisa Ibope em São Paulo , Doria e França estão tecnicamente empatados.

Segundo a  última pesquisa Datafolha para o segundo turno em São Paulo , também divulgada ontem, França aparece com dois pontos percentuais de vantagem nas intenções de voto das eleições para o governo do Estado diante de Doria. O atual governador de São Paulo aparece com 51%, enquanto o tucano tem 49% dos votos válidos, de acordo com o levantamento.

Enquanto Doria vota pelas primeiras horas do dia, o seu oponente, o candidato Márcio França, ainda não pensa em chegar ao colégio eleitoral. Espera-se que o candidato do PSB também vote ainda pela manhã. O candidato vota em um colégio da zona sul da capital paulista, no bairro do Itaim Bibi. 

* Mais informações em instantes.