Tamanho do texto

Pesquisa Datafolha para presidente divulgada na noite desta quinta-feira (18) mostra os índices de rejeição e certeza de votos dos eleitores

A Pesquisa Datafolha para presidente divulgada na noite dessa quinta-feira (18) mostrou os índices de reijeição e certeza de voto dos eleitores de Bolsonaro e Haddad. O instituto perguntou: "E entre esses candidatos a presidente, gostaria que você me dissesse se votaria com certeza, talvez votasse ou não votaria de jeito nenhum em:".

Leia também: Bolsonaro tem 59% dos votos válidos contra 41% de Haddad, aponta Datafolha

Bolsonaro tem maioria com mulheres e negros, aponta pesquisa Ibope
iG
Bolsonaro tem maioria com mulheres e negros, aponta pesquisa Ibope

De acordo com a pesquisa, 48% votaria com certeza em Jair Bolsonaro , 10% talvez votasse, 41% não votaria de jeito nenhum e 1% dos entrevistados disse não saber. Para Fernando Haddad, 33% votaria com certeza, 12% talvez votasse e 54% não votaria de maneira alguma no candidato do PT. Confira os principais recortes:

Entre os homens, o levantamento mostra que 56% votaria com certeza em Bolsonaro e que 34% não votaria de jeito nenhum. Para Haddad o número de votos com certeza chegam a 30% e a negativa bate os 60%.

Já entre as mulheres, 41% votaria no ex-capitão e outros 46% não optariam de maneira alguma pelo candidato. Os números do candidato petista são: 36% votaria com certeza e 49% não votaria de jeito nenhum.

Leia também: Presidente do PSL diz que Bolsonaro não participará de nenhum debate

Quando o recorte é escolaridade, a maior diferença aparece no nível superior, onde 55% votaria com certeza em Jair Bolsonaro e 36% não votaria de jeito nenhum. Fernando Haddad teria apenas 27% dos votos com certeza, enquanto 62% não votaria de jeito nenhum.

No quesito renda, a maior distância está entre aqueles que recebem mais de 10 salários. 65% votaria com certeza em Bolsonaro e 28% de jeito nenhum. Já no petista, apenas 22% votaria com certeza e 73% não votaria de maneira alguma.

Jair Bolsonaro aparece em desvantagem quando o recorte é feito pela região Nordeste. A pesquisa aponta que 31% votaria com certeza no candidato do PSL e 57% não votaria de jeito nenhum. Já o petista teria 49% dos votos com certeza dos eleitores, enquanto 36% não votaria de nenhuma maneira em Fernando Haddad.

Leia também: São Paulo: Doria tem 53% e França 47% dos votos válidos, diz Datafolha

Levantamento para a disputa entre Bolsonaro e Haddad foi realizado nos dias nos dias 17 e 18 de outubro e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos. Veja os números por segmento.