Tamanho do texto

Essa é a primeira pesquisa do instituto para o segundo turno da disputa pelo governo de Estado; na capital, tucano perde para o candidato do PSD

No segundo turno, Doria tem vangem de seis pontos diante de Márcio França, segundo a pesquisa Datafolha em São Paulo
Agência Brasil/Marcos Corrêa
No segundo turno, Doria tem vangem de seis pontos diante de Márcio França, segundo a pesquisa Datafolha em São Paulo

A primeira pesquisa Datafolha em São Paulo para o segundo turno divulgada nesta quainta-feira (18) indica João Doria (PSDB), com 6 pontos percentuais de vantagem nas intenções de voto das eleições para o governo do Estado diante de Márcio França, do PSD.

Leia também: Na capital, Ibope aponta França com 63% das intenções de voto e Doria, 37%

O tucano aparece com 53% enquanto o candidato do PSD tem 47% dos votos válidos, de acordo com o levantamento. Essa é a primeira  pesquisa Datafolha em São Paulo  para o segundo turno das eleições 2018 no Estado.

No cálculo de votos válidos, são excluídos os brancos, nulos e indecisos. E é essa a conta que a Justiça Eleitoral faz para divulgar o resultado das eleições. Nos votos totais, Doria segue na frente, com 44%. França tem 40%. Brancos e nulos somam 9% e 7% não soube ou não quis responder. No primeiro turno, João Doria teve 31,7% dos votos válidos e França, 21,5%.

Leia também: Campanha anti-PT no Whatsapp é “fraude", diz Haddad; PDT quer anular 1º turno

O instituto também levantou com os eleitores o poder de tranferência de votos do candidato Paulo Skaf (MDB), terceiro colocado na disputa para o governo no primeiro turno. Segundo a pesquisa, apesar de Skaf atualmente apoiar Márcio França , a maioria das pessoas que diz ter votado nele no primeiro turno prefere Doria: 54% contra 46%. A preferência pelo tucano também é compartilhada entre os eleitores que votaram em Major Costa e Silva, do DC, (72% a 28%).

Os números da pesquisa também indicam que o tucano, eleito prefeiro de São Paulo em 2016 e e deixou o cargo para concorrer ao governo este ano,  perderia se levadas em conta somente a capital (60% a 40% dos votos válidos para França) e a capital e região metropolitana (56% a 44% também em favor do governador). No entanto, Doria é mais bem votado no interior e, se considerados apenas esses municípios, ele venceria por 60% a 40% dos votos válidos. 

Leia também: Mourão posa para foto com Doria, declara apoio e irrita PSL: "Ele só atrapalha"

pesquisa Datafolha em São Paulo  foi encomendada pelo jornal "Folha de S.Paulo" e a TV Globo. O instituto ouviu 2.356 eleitores em 73 municípios, entre quarta-feira (17) e esta quinta-feira (18). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE)  sob o número SP‐06938/2018.