Tamanho do texto

Político lamentou sua falta no último encontro de candidatos presidenciáveis antes do primeiro turno das eleições: "aguardo vocês nas urnas", escreveu

No debate da Record, Daciolo já havia previsto que seria impedido de ir ao debate da Globo, o que chamou de 'boicote'
Divulgação
No debate da Record, Daciolo já havia previsto que seria impedido de ir ao debate da Globo, o que chamou de 'boicote'

Os candidatos à Presidência da República vão se encontrar, pela última vez antes do primeiro turno das eleições 2018, na noite desta quinta-feira (4), no debate da Globo . Porém, o candidato Cabo Daciolo (Patriota), que tem se destacado nos últimos debates com colocações polêmicas e destoantes dos demais presidenciáveis, não vai comparecer ao encontro. Segundo o jornal O Estado de S.Paulo , ele sequer foi convidado.

Leia também: Ciro diz que atestado de Bolsonaro 'é falso' e o desafia a ir no debate da Globo

Em suas redes sociais, o presidenciável publicou, hoje, uma imagem em que lamentou a sua falta no debate da Globo . "Hoje TERÍAMOS mais um encontro suave e revigorante", escreveu ele, ressaltando o tempo do verbo em destaque. Na publicação, porém, ele não deixou claro o motivo de sua ausência no encontro.  "Deus está no controle. Aguardo vocês nas urnas", concluiu o candidato. 

Vão participar do debate Alvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Fernando Haddad (PT), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (PSol), Henrique Meirelles (MDB) e Marina Silva (Rede). O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, também estará ausente, mas por motivos de saúde: ele foi vetado por seus médicos , pois ainda se recupera do ataque a faca, sofrido no dia 6, em Juiz de Fora, Minas Gerais.

De acordo com informações cedidas pela organizadora do debate, Cabo Daciolo não foi convidado porque o seu partido "não tem a representatividade mínima necessária" exigida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que é de cinco representantes no Congresso Nacional.

Essa não é o primeiro debate sem Daciolo . No encontro promovido pela TV Aparecida , ele já havia faltado, por não ter sido convidado também.

Além disso, sua ausência não é uma surpresa para o próprio candidato que, no último debate, realizado pela TV Record , havia afirmado que aquele poderia ser a sua última oportunidade de falar diretamente com o eleitor em rede nacional, ao lado dos demais candidatos. 

"Já estão me boicotando para o próximo debate. Eu só tenho o dia de hoje para falar sobre a farsa política do País", disse ele. "Vocês são todos amiguinhos e estão jogando aqui uma partidinha de vôlei, um levanta e outro corta", continou o candidato.

Ainda no debate da Record , o presidenciável foi saudado pelo oponente Henrique Meirelles, que afirmou que a ausência do militar foi sentida no evento anterior, na TV Aparecida .

Leia também: Debate da Record é marcado por ataques constantes contra Bolsonaro e Haddad

O debate da Globo está agendado para começar às 22h05 desta quinta, há duas horas do fim das campanhas eleitorais no País, pelo menos antes do primeiro turno das eleições de 2018.