Fernando Haddad passa Bolsonaro entre os eleitores de 35 a 44 anos, segundo Datafolha
Ricardo Stuckert
Fernando Haddad passa Bolsonaro entre os eleitores de 35 a 44 anos, segundo Datafolha

Apesar de ter ficado em segundo lugar na pesquisa de intenção de votos Datafolha , que foi publicada nesta sexta-feira (28), o presidenciável pelo PT, Fernando Haddad, apareceu em primeiro lugar em alguns segmentos do eleitorado.

No resultado geral do Datafolha , Fernando Haddad fica atrás de Jair Bolsonaro (PSL), mas entre os eleitores que estudaram até o Ensino Fundamental, o petista está na frente.

O segmento, que apoiou em peso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a quem Haddad substituiu na eleição, antes registrava empate técnico entre os dois adversários na última pesquisa, mas agora demonstra preferência por Haddad , que teve 27% das intenções de voto, contra 18% de Bolsonaro.

Os eleitores que ganham até dois salários mínimos, outra fatia da população que também apoiou Lula, também colocam Haddad na frente nas pesquisas. Ele saiu de 20% para 28%, enquanto Bolsonaro passou de 19% para 18%.

O desempenho de Haddad também melhorou entre os jovens eleitores, de 16 a 24 anos. Com o avanço de 11 pontos, ele conseguiu empatar tecnicamente com Bolsonaro: 25% para o petista contra 28% para o candidato do PSL. Antes a proporção era de 14% e 26% respectivamente.

Entre os eleitores de 35 a 44 anos, Haddad foi de 18% para 24%, enquanto Bolsonaro foi de 30% para 27%.

A parcela mais abastada da população, que ganha de dois a cinco salários e de cinco a dez salários, deve apostar em Bolsonaro. Na pesquisa ele ficou com 34% e 44% nos respectivos segmentos. Entre esses eleitores, Haddad tem 19% e 16% das intenções de voto.

Os mais escolarizados também preferem o candidato do PSL. 32% das pessoas com até o ensino médio completo apoiam Bolsonaro, enquanto Haddad fica com 21%. Já entre quem completou o ensino superior, Bolsonaro tem 37% dos votos e Haddad 17%.

Você viu?

Contratado pela TV Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo, o Datafolha ouviu nove mil eleitores em 343 municípios distribuídos em todas as regiões do país. Com a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a confiabilidade da pesquisa é de 95%. Os questionários foram aplicados nos dias 26, 27 e 28 de setembro. O número de registro no Tribunal Superior Eleitoral é BR-08687/2018.

Leia também: Ex-mulher acusou Bolsonaro de furtar cofre e ocultar patrimônio; hoje ela nega

Datafolha: Bolsonaro lidera com 28%, seguido por Haddad (22%)

Bolsonaro segue na liderança, seguido por Haddad e Ciro, de acordo com Datafolha
Reprodução/Globonews
Bolsonaro segue na liderança, seguido por Haddad e Ciro, de acordo com Datafolha

Há pouco mais de uma semana para o primeiro turno, aparecem, empatados em terceiro lugar e bem atrás dos dois líderes da pesquisa, o pedetista Ciro Gomes e o tucano Geraldo Alckmin, Acompanhe, abaixo, os números auferidos pelo Datafolha:

Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 22%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 10%
Marina Silva (Rede): 5%
João Amoêdo (Novo): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
Vera Lúcia (PSTU): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 10%
Não sabe/não respondeu: 5%

Em comparação com as pesquisas anteriores do mesmo instituto, Bolsonaro mantêve-se estável. Fernando Haddad , por sua vez, cresceu 6 pontos percentuais. Ciro viu desidratar sua candidatura, que caiu dois pontos, assim como a de Marina Silva. Alckmin oscilou um ponto positivamente.

A pesquisa assuntou, entre os entrevistados, em quem eles não votariam de jeito nenhum. Veja, abaixo, o resultado:

Bolsonaro: 46%
Haddad: 32%
Marina: 28%
Alckmin: 24%
Ciro: 21%
Vera: 18%
Cabo Daciolo: 17%
Eymael: 17%
Boulos: 17%
Meirelles: 16%
Alvaro Dias: 15%
Amoêdo: 14%
João Goulart Filho: 14%
Rejeita todos: 4%
Votaria em qualquer um: 2%
Não sabe/não respondeu: 4%

Leia também: Haddad diz que não dará indulto a Lula e assume papel de pacificador em campanha

Os resultados do Datafolha são semelhantes aos apresentados no início da semana pelo Ibope, que projeta um segundo turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários