undefined
Reprodução/Twitter
Camiseta usada por Jair Bolsonaro vira montagem para representar facada recebida pelo presidenciável

ataque a faca sofrido pelo candidato à Presidência Jair Bolsonaro na última quinta-feira (6) se tornou um símbolo usado em sua campanha eleitoral. Em um vídeo publicado neste sábado (8) nas redes sociais de seu partido, o PSL, e de um de seus filhos, o deputado Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), uma montagem que representa a camiseta amarela igual a usada pela candidato no momento do golpe aparece manchada de sangue.

Com a frase “Meu partido é o Brasil” estampada, a imagem mostra um rasgo na parte inferior do que seria a camisa, com uma mancha de sangue, representando a facada que Jair Bolsonaro recebeu durante o ato público em Juiz de Fora, em Minas Gerais.

No vídeo, o candidato ao Senado Flávio Bolsonaro convoca apoiadores a participarem de um ato em apoio a vida de seu pai neste domingo, às 11 horas, na orla de Copacabana, no Rio de Janeiro.

A imagem trata-se de uma montagem, já que a camiseta original usada pelo presidenciável foi jogada fora quando ele chegou à Santa Casa de Juiz de Fora e os médicos precisaram rasgá-la para realizar uma cirurgia de emergência.

No primeiro dia de exibição de novas propagandas eleitorais na televisão e no rádio desde o ataque ao candidato, que aconteceu neste sábado, o tempo destinado a Bolsonaro já fez referência ao ocorrido. “O povo brasileiro caminha unido em oração pela vida do nosso Jair Messias Bolsonaro”, afirma o narrador durante a exibição de imagens do deputado sorrindo.

Outro filho do político também usou as redes sociais para falar sobre o ocorrido. O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) usou seu perfil no Instagram para publicar um vídeo sobre o ataque ao pai. “Soldado nosso não fica para trás”, diz o texto enquanto imagens do presidenciável sendo aclamado por multidão são exibidas.

A cena da facada em Bolsonaro aparece em seguida, com a frase “Soldado que vai à guerra e tem medo de morrer é um covarde”. A publicação também vem acompanhada de um texto de Eduardo. “A vida pública e privada de um político se misturam, é inevitável e não reclamo disso. Porém tenho o receio de acharem que estamos querendo nos aproveitar de uma situação delicada. Assim, posto esse vídeo como uma homenagem de um filho a um pai que ele admira.”

Leia também: Bolsonaro faz caminhada pelo quarto com ajuda de fisioterapeuta

Campanha de Jair Bolsonaro terá representantes nas ruas

undefined
Divulgação/Flávio Bolsonaro
Jair Bolsonaro está estável e já pode se sentar; segundo filho, candidato iniciou fisioterapia

O candidato deve passar a  usar as redes sociais para se comunicar com o público no período de eleições . A declaração foi feita por Flávio na noite de sexta-feira (7), quando foi visitar o pai no Hospital Israelita Albert Einstein.

Segundo Flávio, o pai deve dar as orientações sobre os próximos passos da estratégia da campanha, mas o foco não será mais as atividades nas ruas. Ele ainda admitiu que há possibilidade de os filhos representarem o presidenciável em atividades externas.

“Vou tratar disso com ele amanhã [sábado] porque hoje [sexta] foi um dia cansativo para ele. Mas é inevitável, ele não vai mais poder fazer campanha em rua e vai usar os canais dele nas redes sociais, que são o forte dele. Agora a estratégia, como vai ser a cada momento a gente não conversou ainda”, afirmou Flávio, segundo o jornal  O Estado de S.Paulo .

Bolsonaro tem um grande número de seguidores na internet, ultrapassando 1 milhão. Assim que foi transferido para o hospital em São Paulo, uma mensagem para tranquilizar seus eleitores foi publicada em sua conta no Twitter, e em questão de segundos, centenas de replicações e respostas foram acionadas.

A internação de Jair Bolsonaro  deve durar pelo menos dez dias, o que colabora para que, além de Flávio, Eduardo, que também disputa a reeleição, participe das agendas. O vice da chapa, general Hamilton Mourão (PRTB) e o deputado Major Olímpio (PSL) também são nomes cotados para atuarem como representantes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários