Tamanho do texto

TV Globo definiu suas regras para a cobertura das eleições; canal dará destaque diário para os 4 mais bem colocados, deixando de fora o PT

TV Globo definiu as regras internas para a cobertura das eleições 2018
iG São Paulo
TV Globo definiu as regras internas para a cobertura das eleições 2018

A TV Globo definiu suas regras para a cobertura das eleições de 2018. Acordou-se, entre os diretores da emissora, que os quatro candidatos mais bem colocados na pesquisa receberão atenção diária dos noticiários – o PT de Lula, porém, líder nas pesquisas com 39% das intenções de voto, será ignorado pelo canal.

Leia também: PT divide destaque entre Lula e Haddad no primeiro vídeo de campanha

O argumento da TV Globo para ignorar a candidatura petista é que, como o líder do partido está preso, está também virtualmente inelegível. A informação é do site Poder360 .

A emissora definiu, ainda, que os candidatos que pontuam 1% ou mais nas pesquisas de intenção de voto receberam 40 segundos semanais de atenção nos principais telejornais da Globo – o Jornal Nacional e o Jornal da Globo.

Como a Globo optou por excluir Lula e o PT da cobertura jornalística, terão atenção diária os candidatos Jair Bolsonaro (PSL), Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB).

A rivalidade entre Lula/ PT e Globo não vem de hoje. Desde que surgiu como liderança trabalhista, o ex-presidente não conta com a simpatia da emissora. Em 1989, quando concorreu à presidência pela primeira vez, a Globo chegou inclusive a manipular, por meio de edição, o último debate eleitoral entre Lula e Fernando Collor, que acabou vencendo a eleição. A direção de jornalismo do canal, anos depois, reconheceu o erro e desculpou-se aos expectadores.

Leia também: Pesquisa Ibope: Lula lidera intenções de voto e abre vantagem sobre Bolsonaro

Fora da cobertura da TV Globo, Lula lidera pesquisas

Fora da cobertura da TV Globo, Lula lidera com folga a corrida presidencial
Reprodução/Facebook
Fora da cobertura da TV Globo, Lula lidera com folga a corrida presidencial

A pesquisa Datafolha sobre os candidatos à Presidência nas Eleições 2018 divulgada nesta quarta-feira (22) aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) , preso desde abril e com a candidatura contestada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), como líder da corrida eleitoral, concentrando 39% das intenções de voto.

O ex-presidente, que será ignorado pela cobertura jornalística da TV Globo , é seguido pelo candidato do PSL, Jair Bolsonaro, que tem 19% da preferência dos eleitores. A pesquisa coloca três candidatos tecnicamento empatados na briga pela terceira colocação Marina Silva (Rede), com índice de 8%, Geraldo Alckmin (PSDB), com 6% e Ciro Gomes (PDT), com 5% das intenções de voto. 

Leia também: Lula abre margem para Bolsonaro e cenário sem petista é de indefinição, diz CNT

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.