Advogados de defesa de Lula apresentaram documento que comprova visita ao Gruarujá nessa terça-feira (3)
Facebook/ Lula/ Reprodução
Advogados de defesa de Lula apresentaram documento que comprova visita ao Gruarujá nessa terça-feira (3)

Os advogados de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentaram à 13ª Vara Criminal de Curitiba nesta terça-feira (3) documento que comprova que o petista não pernoita no Guarujá desde 2011.

Leita também: "Ao contrário do Lula, ganhei meu dinheiro trabalhando", diz João Doria

O Ministério Público Federal (MPF) acusa Lula de ser dono de tríplex no Guarujá, que supostamente teria sido dado a ele pela construtora OAS em troca de três contratos feitos entre a Petrobras e o governo federal.

Já a defesa afirma que o ex-presidente esteve no Condomínio Solaris, onde fica o tríplex, apenas uma vez para verificar se tinha interesse em comprar uma unidade, mas a possibilidade foi descartada, conforme foi confirmado por Valmir de Moraes, chefe do núcleo de apoio do petista.

De acordo com o documento encaminhado, a última visita de Lula ao Guarujá foi em 17 de janeiro de 2011, quando ficou hospedado com seus assessores em base militar. O edifício do Condomínio Solaris só teve sua obra finalizada em 2014, três anos depois.

Você viu?

Leia também: Ipsos: Lula é político melhor avaliado, só perdendo para Moro e Joaquim Barbosa

“Até agora já foram realizadas 24 audiências e ouvidas 73 testemunhas, apenas em relação a essa ação. Nenhuma delas fez qualquer afirmação que possa envolver Lula em atos ilícitos praticados no âmbito da Petrobras ou à propriedade do tríplex do Guarujá”, escreveram os advogados do ex-presidente em nota.

Além disso, depoimentos ouvidos na ação do tríplex disseram que "o petista e seus familiares nunca tiveram acesso às chaves do apartamento em questão" e, portanto, nunca pernoitaram no local.

Segundo os advogados, o documento apresentado esta semana “é mais um elemento a demonstrar ser inverídica a acusação do MPF em relação a Lula, que não é e jamais foi proprietário do chamado "tríplex" do Guarujá”.

Leia também: Delegado nega que a PF tenha vazado imagens da condução coercitiva de Lula

Depoimento

Valmir Moraes deu seu depoimento em defesa do ex-presidente em ação referente ao tríplex do Guarujá. Ele afirmou ter visitado o local com o petista e sua esposa Marisa Letícia, que faleceu no início de fevereiro. “Sabe quando que eu vou frequentar esse apartamento? Nunca”, teria dito Lula na ocasião.

    Leia tudo sobre: Lula

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários