O crime aconteceu na região Oeste da capital
Reprodução/Creative Commons
O crime aconteceu na região Oeste da capital

Um policial civil foi preso em flagrante, na madrugada desta segunda-feira, 28, depois de atirar e matar um homem dentro de uma igreja na região Oeste de São Paulo. O crime ocorreu durante sessão dos Narcóticos Anônimos na Igreja do Calvário, na Rua Cardeal Arcoverde, em Pinheiros.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que o policial civil foi levado à sede da Corregedoria da Polícia Civil, onde o flagrante está sendo registrado. "Ele deve ser encaminhado ao presídio especial da Polícia Civil. As circunstâncias do fato estão sendo apuradas", diz a nota.

De acordo com o G1, testemunhas do crime disseram que o policial e a vítima eram frequentadores do grupo. O Narcóticos Anônimos aluga o espaço para realizar encontros.

O flagrante foi feito pela Guarda Civil Metropolitana. O corpo do homem foi retirado do jardim da igreja pelas autoridades quase 6 horas depois do crime. Ele foi atingido por vários disparos dentro de uma sala da paróquia. A vítima ainda tentou correr, mas caiu em frente à igreja.

Leia Também

À TV Globo, uma testemunha disse que o policial civil participava das reuniões há aproximadamente 10 anos e que a vítima havia começado a frequentar os encontros há pelo menos 45 dias. Os nomes e idades do agente e da vítima ainda não foram divulgados.

Segundo a GCM, o policial estava afastado temporariamente das funções por seu envolvimento com drogas.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários