Yago Corrêa, de 21 anos, foi preso quando saiu para comprar pão
Reprodução/redes sociais
Yago Corrêa, de 21 anos, foi preso quando saiu para comprar pão

Preso depois sair de uma padaria no Jacarezinho , o entregador Yago Corrêa de Souza, de 21 anos, foi solto na tarde desta terça-feira por ordem da Justiça. O juiz Antônio Luiz da Fonseca Lucchese, durante a audiência de custódia, entendeu não haver provas suficientes para manter Yago preso. No entanto, ele ainda responderá ao processo.

— Esses foram os piores dias da minha vida. Isso aqui é um inferno. Eu só quero justiça. Eu pensei que iria ficar aqui dentro. Passei fome — disse o entregador Yago Corrêa de Souza, após deixar a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica.

Durante toda manhã, parentes e amigos fizeram uma vigília na porta da penitenciária pedindo a revogação da detenção do rapaz. Os advogados disseram que não há como imputar o crime de tráfico de drogas a ele.

Em um dos vídeos, feito na padaria, às 19h34m, Yago aparece de bermuda jeans e camisa do Flamengo comprando pão. O vídeo mostra a atendente servindo ao menos sete pães a Yago, que pega o pedido e caminha em direção à porta do estabelecimento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários