Homem revendia combustível em garrafas pet
Divulgação: Polícia Federal
Homem revendia combustível em garrafas pet

Um homem que armazenava combustível argentino foi preso no oeste do Paraná na última segunda-feira (20). Segundo a Polícia Federal, ele revendia o combustível em garrafas pet.

Em depoimento a polícia, o homem afirmou que saía da cidade de Porto Iguaçu, na Argentina, ligada ao Brasil por Foz do Iguaçu, e se encontrava com um atravessador, que levava o combustível desviado dos postos argentinos para a revenda no lado brasileiro.

Na Argentina, o combustível custa metade do preço comparado ao Brasil. No sábado (18), a gasolina argentina custava, em média, R$ 3,20. Em Foz do Iguaçu, o mesmo combustível era vendido por R$ 6,50.

Os policiais também apreenderam 70 litros de gasolina e dois veículos que transportavam o combustível da Argentina. 

Ainda, a PF comunicou que o armazenamento incorreto do combustível pode causar explosões, além do risco de desgaste das garrafas pet, que podem provocar vazamentos do líquido e intoxicação de pessoas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários