Adolescentes de SP que roubam apartamentos no Rio são presas em Recife
Reprodução
Adolescentes de SP que roubam apartamentos no Rio são presas em Recife

Policiais da 12a DP (Copacabana) cumpriram mandados de busca e apreensão contra duas adolescentes de São Paulo que fariam parte de uma organização criminosa responsável por 45 furtos e dois roubos a apartamentos de luxo nos bairros de Copacabana, Gávea, Lagoa, Leblon e Ipanema, na Zona Sul do Rio, nos últimos dois meses. As meninas, de 15 e 16 anos, foram flagradas no momento que tentavam invadir um imóvel com uma chave de fenda na Praia de Boa Viagem, em Recife, no estado de Pernambuco.

De acordo com a delegada Natacha Alves de Oliveira, titular da 12a DP, as investigações mostram que as adolescentes, assim como os demais integrantes do grupo criminoso, entravam nos prédios se passando por parentes ou visitantes dos moradores ou hóspedes de aplicativos de locação. Dentro dos edifícios, buscavam apartamentos vazios e, em seguida, arrombavam as portas utilizando uma grande chave de fenda e furtavam ou roubavam dinheiro e jóias dos proprietários.

"Os inquéritos apontam a preferência pela participação de mulheres nesses crimes, numa tentativa de diminuir a atenção dos porteiros no controle do ingresso aos condomínios, e de menores de idade, por serem liberados com mais brevidade do sistema socioeducativo", explicou a delegada.

As adolescentes apreendidas são suspeitas de participação ainda em um roubo em Icaraí, na Zona Sul de Niterói, Região Metropolitana do Rio. Na ocasião, imagens de câmeras de segurança as flagraram caminhando pela calçada da Avenida Almirante Benjamin Sodré. Cerca de 20 minutos depois, a dupla aparece correndo, no sentido contrário, acompanhada de dois homens.

A apreensão das jovens faz parte de uma força-tarefa do Departamento Geral de Polícia da Capital (DGPC) que envolve cinco delegacias distritais da Zona Sul do Rio (10ª DP, 12ª DP, 13ª DP, 14ª DP e 15ª DP) e visa combater os crimes de furto e roubo de residência na região. Na semana passada, outros cinco criminosos da quadrilha foram presos em São Paulo. Eles usavam as redes sociais para ostentar luxo com fotos e vídeos de viagens de avião e de maços de nota de R$ 100.

As adolescentes foram trazidas, na noite desta quarta-feira, dia 1, ao Rio e serão apresentadas à Vara da Infância e da Juventude e encaminhadas ao Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários