Seguranças reagiram à tentativa de assalto há dois meses
Reprodução
Seguranças reagiram à tentativa de assalto há dois meses

Um dos seguranças do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) , reagiu a uma tentativa de assalto na manhã desta quinta-feira (4), na Zona Leste da capital paulista. O incidente ocorreu  dois meses após outra tentativa de assalto no dia 1º de setembro.

A prefeitura informou que o policial militar estava a caminho do expediente quando foi abordado por dois homens às 4h45 da manhã na Rua Buriti Alegre, na Vila Ré. Ele reagiu e a dupla fugiu do local.

O segurança não ficou ferido na ocorrência, que foi registrada no 24º Distrito Policial da Ponte Rasa como "roubo a transeunte".

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o policial tem 41 anos e estaria de pé em direção à estação do Metrô quando os suspeitos chegaram em uma moto.

Na ocasião, o segurança sacou a pistola e trocou tiros com os criminosos. Não há informações se algum deles foi atingido pelos disparos.

Primeira tentativa de assalto

Uma dupla de policiais militares à paisana, responsáveis pela escolta da filha do prefeito, reagiu a um assalto na manhã do dia 1º de setembro e matou um dos criminosos . O outro participante do crime fugiu de moto.

Leia Também

O ato ocorreu por volta das 6h15 da manhã, na rua Professor Francisco Maffei. Os agentes não estavam caracterizados e levariam a filha do prefeito à escola. O caso foi registrado no 11º Distrito Policial, em Santo Amaro.

Imagens compartilhadas na internet mostram os rapazes chegando em uma moto, aproximando-se do carro oficial e um deles descendo armado. Imediatamente, um dos seguranças retira uma arma e atira contra os criminosos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários