Ricardo Nunes (MDB), prefeito em exercício da capital paulista
Afonso Braga/Câmara Municipal de São Paulo
Ricardo Nunes (MDB), prefeito em exercício da capital paulista

O prefeito em exercício de São Paulo , Ricardo Nunes (MDB), disse em breve entrevista nesta segunda-feira (3) que vai dar "continuidade" aos trabalhos de Bruno Covas (PSDB), que tirou licença de 30 dias para se dedicar exclusivamente ao tratamento de câncer.

"É seguir a ordem do prefeito, de continuar nesse ritmo acelerado. Vamos dar continuidade e ampliar leitos de UTI", afirmou Nunes ao ser questionado sobre o que faria à frente da Prefeitura da capital paulista. O comportamento é o que já era esperado pelo secretariado de Bruno Covas.

O prefeito afastado foi internado neste domingo (2) na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Sírio-Libanês após apresentar um sangramento no estômago . Um dia antes, o tucano informou por meio da Secretaria de Comunicação que iria se licenciar o cargo por um período de 30 dias.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários