Cocaína transportada em avião da FAB foi apreendida pela polícia em Sevilha, na Espanha, em 2019
Guarda Civil de Sevilla
Cocaína transportada em avião da FAB foi apreendida pela polícia em Sevilha, na Espanha, em 2019


Os suspeitos de financiar o tráfico internacional de cocaína  por meio de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) planejaram o assassinato de duas testemunhas. As vítimas teriam delatado os criminosos à Polícia Federal (PF).


A informação é da coluna Na Mira, do portal Metrópoles, que traz detalhes sobre a reunião em que os criminosos teriam planejado os homicídios. Os suspeitos teriam se encontrado em uma mansão avaliada em R$ 4 milhões no Lago Sul, região nobre de Brasília, após quatro homens serem alvo da Operação Quinta Coluna, no dia 2 de fevereiro.


Na ocasião, os alvos foram Michelle Tocci, filho de um diplomata italiano, mais conhecido como Barão do Ecstasy; Augusto César de Almeida Lawal, o Guto; Márcio Moufarrege, conhecido como Macaco; e Marcos Daniel Penna Borja Rodrigues Gama, popularmente conhecido como Chico Bomba.

Leia Também


De acordo com a publicação,era de Chico Bomba a casa que sediou a reunião. Além dos investigados, o encontro teve ainda a presença de Alexandre Fuão, amigo do grupo.


Juntos, eles teriam chegado à conclusão de que ao menos duas pessoas poderiam ter feito as denúncias anônimas. A fonte seria "um policial civil". Com isso, eles planejaram os assassinatos, mas não chegaram a concluir os crimes com a execução das testemunhas. Chibo Bomba foi preso por tráfico internacional de drogas . O portal conta que ele é apontado como um dos donos da droga encontrada na mala do sargento Manoel Silva Rodrigues, em 2019.



Diante das informações obtidas, o Metrópoles procurou a defesa dos envolvidos, mas só encontrou os representantes de Michele Tocci. O advogado dele, Frederico Donati Barbosa, disse que seu cliente não ameaçou qualquer pessoa e que o depoimento anônimo "indica desconhecimento" sobre a participação dele em episódios envolvendo aviões da FAB".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários