Avião da FAB que transportou 37 kg de cocaína
Reprodução
Avião da FAB que transportou 37 kg de cocaína

A Polícia Federal cumpriu três mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Quinta Coluna, que investiga o tráfico de drogas em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB).

Os policiais procuraram por novas provas em torno do responsável por recrutar mulas para viabilizar o transporte dos entorpecentes nas aeronaves oficiais. Os mandados foram cumpridos no Distrito Federal.

A Operação Quinta Coluna foi deflagrada no início de 2021, para apurar a associação criminosa que utilizava as rotas da FAB para o envio de cocaína. À época, foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão.

Em 2019, um sargento foi flagrado transportando 37kg da droga em uma escala em Sevilha, na Espanha. Manoel Silva Rodrigues fazia parte de uma comitiva presidencial que acompanhava Jair Bolsonaro (sem partido) ao encontro do G20 no Japão - o presidente não estava no mesmo avião.

O militar está cumprindo uma sentença de seis anos de prisão na Espanha, e teve que pagar uma multa de 2 milhões de euros. Pouco tempo depois do início da operação, a esposa de Manuel e outros três militares foram presos por suposta participação nos crimes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários