Cintia Alves de Almeida tinha 42 anos
Jéssica Cristina/Arquivo pessoal
Cintia Alves de Almeida tinha 42 anos

O corpo de uma mulher de 42 anos foi encontrado enterrado nos fundos da própria casa , em Santa Luzia, região metropolitana de  Belo Horizonte (MG), nessa quarta-feira (25). O namorado de Cintia Alves de Almeida, que estava desaparecida, confessou o crime e foi preso.

"Fomos informados que o namorado dela se entregou e contou ter deixado o corpo no quintal da casa onde minha tia morava. Fizeram as buscas e encontraram ela enterrada", disse a sobrinha da vítima, Jéssica Cristina, ao portal BHAZ .

Nos últimos dias, familiares e amigos da mulher se mobilizaram na tentativa de encontrá-la, já que ela havia sido vista pela última vez no dia 14 de agosto. "A família está revoltada. Foi uma coisa que não tem explicação cabível. Não há o que justifique o que ele fez", acrescentou Jéssica.

De acordo com ela, o namorado de Cintia chegou a manter contato com a família da vítima. "Ele nos respondia, mas chegou um tempo que parou. Nunca se mostrou preocupado com a situação do desaparecimento", afirmou.

Os familiares aguardam a liberação do corpo da mulher para que ela seja sepultada em Ribeirão das Neves. A previsão é que a cerimônia ocorra nesta quinta-feira (26).

Em nota, a Polícia Civil disse que o suspeito foi preso em flagrante por ocultação de cadáver e que o caso ainda está em investigação. "A motivação e as circunstâncias do crime serão investigadas pela Delegacia Especializada de Homicídios do município".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários