Leandro Cid Costa
Reprodução
Leandro Cid Costa



Policiais da 13a DP (Ipanema), em ação conjunta com homens do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) e do Segurança Presente, prenderam em flagrante um homem acusado de ser o chefe de uma quadrilha que atua cometendo furtos e roubos pedalando bicicletas. Leandro Cid Costa, de 24 anos, alugava por R$ 150 por semana os equipamentos para que mais de dez pessoas os utilizassem nos crimes, em ruas da Zona Sul do Rio, sobretudo na Orla de Copacabana.

Os integrantes da “gangue das bikes” são conhecidos por praticar arrastões, montados em bicicletas, furtando e roubando celulares, joias e outros pertences das vítimas. De acordo com as investigações, eles se reúnem próximo a bares de Copacabana e se organizam de modo a dividir as tarefas de identificação das vítimas, aproximação, subtração de seus bens e fuga com os objetos de valor.

No fim do dia, as bicicletas são devolvidas a Leandro Cid, que as guarda em local ainda não descoberto. Quando perdem ou têm os equipamentos apreendidos, os criminosos são obrigados a pagar R$ 500 ao chefe da quadrilha. Os investigadores acreditam que o grupo esteja em atuação há pelo menos sete anos na região.

Você viu?

De acordo com o delegado Felipe Santoro, titular da 13a DP, Leandro apresenta, em seu Registro de Vida Progressa (RVP), 21 anotações, por crimes como tráfico de drogas, associação criminosa, roubo, furto, desacato e receptação.


Encaminhado a audiência de custódia, Leandro teve a prisão em flagrante convertida em preventiva pela juíza Daniele Lima Pires Barbosa. Em seu despacho, a magistrada cita o risco provocado pela manutenção dele em liberdade. “Trata-se de crime grave, o qual enseja um ambiente preocupante à paz social dessa comarca”, justifica.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários