A mulher foi presa pela Polícia Civil em Tangará da Serra
Divulgação/Polícia Civil
A mulher foi presa pela Polícia Civil em Tangará da Serra

Após a própria esposa, de 28 anos, atear fogo no seu corpo, um homem de 37 anos conseguiu dirigir, enquanto pegava fogo, até um hospital para ser socorrido em Tangará da Serra, a 243 km de Cuiabá, na última segunda-feira, 14. Ele teve queimaduras de 1º grau em 40% do corpo e está internado em estado grave de saúde.

A Polícia Civil de Tangará da Serra foi acionada para atender a ocorrência de um homem que havia entrada na Unidade Pronto Atendimento (UPA) com graves queimaduras pelo corpo. A mulher foi localizada próximo a unidade de saúde em que a vítima foi socorrida. Ela foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio qualificada por meio insidioso e uso de fogo. Ela confessou o crime.

Questionada pela polícia, ela disse que, na noite do último domingo, 13, o marido a havia agredido e que voltaram a discutir na manhã da segunda. A esposa jogou uma bacia de álcool sobre o marido quando ele saia do banheiro e, em seguida, acendeu um fósforo e jogou nele.

De acordo com o delegado Adil Pinheiro de Paula, a mulher também teria alegado ter cometido o crime em sua defesa, mas a versão não convence a polícia, já que ela ficou esperando o homem sair do banheiro para atacá-lo.

- Com informações do G1.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários