Entrada de delegacia em Manaus ficou completamente destruída após confronto com criminosos
Reprodução/Arquivo pessoal
Entrada de delegacia em Manaus ficou completamente destruída após confronto com criminosos

 O secretário de Segurança Pública do Amazonas, Coronel Louismar Bonates, revelou nesta segunda-feira (7) que 31 pessoas suspeitas de participarem dos ataques e do vandalismo nas ruas de Manaus e de outras cidades foram presas.

Entre as detenções, estão duas lideranças supostamente responsáveis por planejar as ações e uma criança de 11 anos que participava dos ataques também foi apreendida.

O estado amazonense vive desde a noite de sábado (5) uma série de ataques, resultado de uma represália de uma facção criminosa apos um traficante de drogas ser morto.

 O Coronel declarou que o estado deve receber um efetivo de soldados da Força Nacional após pedido feito pelo governador Wilson Lima, mas não detalhou quantos homens se deslocarão até o estado do norte do país:

"O nosso efetivo é pequeno para o volume de ações. A tropa vai ter uma hora que não vai ter como tocar capital e interior. Foi sugerido e o governador acatou a decisão de pedir apoio da Força Nacional. Esperamos que até amanhã eles estejam aqui para fazer o reforço",  declara.

Nesta segunda (7), a capital amazonense amanheceu sem serviço de transporte público, escolas fechadas e a suspensão da campanha de vacinação contra Covid-19. Inclusive, uma unidade básica de saúde ( UBS ) foi incendiada por criminosos.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários