Empresários mineiros foram vítimas de um golpe, aponta laudo da PF
Reprodução: iG Minas Gerais
Empresários mineiros foram vítimas de um golpe, aponta laudo da PF


Laudo da Polícia Federal revelou que as  vacinas tomadas as escondidas por empresários de Belo Horizonte em março eram, na verdade, doses de soro fisiológico.

Na útlima terça-feira (30) agentes da PF realizaram um mandado de busca e apreensão na casa da enfermeira que aplicou as supostas doses da vacina, que supostamente eram da Pfizer . No local, foram encontrados diversos recipientes com o soro fisiológico. 

Segundo informações da GloboNews, os empresários que furaram a prioridade do Plano nacional de vacinação contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2), foram vítimas de um golpe, já que a perícia feita pela Polícia indicou que a descrição do rótulo do líquido aplicado se trata de uma solução de cloreto de sódio, soro fisiológico.


A denúncia divulgada na terça-feira da semana passada (23) mostrou diversas pessoas, que pagaram R$ 600 para serem imunizadas, recebendo a 1ª dose em uma garagem de uma empresa de transportes em Belo Horizonte , capital mineira.

(Sob supervisão de Valeska Amorim)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários