A carga foi selecionada para conferência em uma ação de rotina.
Divulgação/Receita Federal
A carga foi selecionada para conferência em uma ação de rotina.

Na última terça-feira (22), a Receita Federal bateu um recorde ao localizar quase 3 toneladas de cocaína no Porto de Santos , no litoral de São Paulo. A apreensão foi feita em uma ação rotineira e, segundo o órgão, essa foi a maior quantidade já encontrada de um só vez pelo no cais santista. 

A carga foi selecionada para conferência e o cão de faro da Receita Federal participou da ação, sinalizando que havia drogas no local indicado. As autoridades abriram a carga e localizaram 2.932 kg da droga escondida no interior de bobinas de alumínio, segundo o portal G1 . A cocaína tinha como como destino o porto de Roterdã , na Holanda.

A cocaína encontrada pela Receita foi entregue à Polícia Federal, que também acompanhou a operação e continuará com as investigações. Por enquanto, ninguém foi preso.

Em 2020, a Receita Federal fez 49 apreensões, somando mais de 20,5 toneladas de cocaína no Porto de Santos. A maioria das cargas eram destinadas à Europa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários