Cabos de câmeras de monitoramento foram furtados no Rio de Janeiro
Divulgação
Cabos de câmeras de monitoramento foram furtados no Rio de Janeiro

Diversos cabos da rede de câmeras que permitem o monitoramento das ruas foram furtados na tarde desta terça-feira. Com isso, cerca de 50 câmeras estão desativadas, a maioria na Zona Sul do Rio, em bairros como Lagoa, Jardim Botânico, Humaitá, Botafogo, Flamengo, Catete e Glória.

Segundo o Centro de Operações Rio, a informação foi passada pelo consórcio que gera as imagens dos equipamentos da prefeitura. Além das câmeras, alguns sinais de trânsito também foram afetados. Em nota, o COR alerta que a operação da prefeitura está limitada.

Os técnicos estão fazendo o reparo, mas o COR enfatiza que o furto já aconteceu antes: "a situação não é nova".

O órgão pede o apoio das forças de segurança para evitar que ocorram novos furtos.

Você viu?

Leia a íntegra da nota:

"O Centro de Operações Rio informa que diversos cabos da rede de câmeras da prefeitura foram furtados na tarde desta terça-feira, dia 24 de novembro.

A informação foi comunicada ao COR e à CET-Rio pelo consórcio que gera as imagens das câmeras da prefeitura. Além das câmeras de monitoramento de trânsito, alguns semáforos também foram afetados. Por esse motivo, a operação da prefeitura fica limitada. Os técnicos estão trabalhando para realizar o reparo o quanto antes, mas a situação não é nova.

Ressaltamos a necessidade do apoio das forças de segurança para evitar que novos furtos aconteçam."


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários