Família dentro de carro junto com a filha
Reprodução
Família morta no ABC e filha suspeita pela morte

A Polícia Civil de São Paulo marcou para a próxima quinta-feira a reconstituição da morte da família encontrada em um carro queimado na Estrada do Montanhão, em São Bernardo do Campo , no ABC paulista . Esse é um dos últimos passos do inquérito, que deve terminar com o indiciamento por homicídio triplamente qualificado de Anaflávia Gonçalves, filha do casal morto, e Carina Ramos, sua namorada.

Na reconstituição marcada para o dia 12, às 10 horas, todos os suspeitos irão refazer os passos do crime.

Além da reconstituição do crime, a Polícia também deverá juntar ao inquérito as perícais realizadas nos celulares de Ana Flávia e Carina. As duas foram presas no último dia 29 após apresentarem contradições nos depoimentos, quando afirmaram que Romuyuki Gonçalves, pai de Ana Flávia, tinha dívidas com um agiota.

Leia também: Último foragido de crime no ABC se entrega após “cansar de fugir”

Após mudar de versão novamente, alegando que a residência tinha sido roubada, as duas suspeitas confessaram que planejaram o roubo, mas não a morte da família.

Entretato, os comparsas das duas refutaram a confissão, apontando que Anaflavia e Carina não apenas organizaram o assalto como ordenaram a morte do casal e do irmão de Ana Flávia, Juan.

Leia também: Crime no ABC: 'Perdoo minha neta’, diz avó da acusada de matar pais e irmão

Um dos suspeitos afirmou em seu depoimento que a ordem para a execução partiu de Carina, após não encontrarem os R$ 85 mil que as duas afirmaram que estava em um cofre dentro do imóvel.

    Veja Também

      Mostrar mais