Tamanho do texto

Grupo de oito homens armados invadiu agência bancária no Grajaú, zona sul da capital, e trocou tiros com a polícia; dois foram detidos

Agência bancária no Grajaú arrow-options
Reprodução/TV Globo
Agência bancária no Grajaú, zona sul de São Paulo, ficou destruída após tentativa de roubo

Ao menos oito homens fortemente armados tentaram roubar uma agência do Banco do Brasil na manhã desta segunda-feira (16), no Grajaú, zona sul de São Paulo. Houve troca de tiros entre policiais e suspeitos, mas ninguém se feriu na ação. Ruas próximas ao local foram bloqueadas e 27 linhas de ônibus precisaram ser desviadas, prejudicando o transporte nas proximidades. Dois homens foram presos.

Leia também: Perícia acha rastro de destruição deixado por militares onde músico foi fuzilado

De acordo com a Polícia Militar, o grupo invadiu a agência no fim da madrugada e explodiu vários caixas eletrônicos , deixando o local destruído. Para dificultar a chegada das autoridades, os suspeitos pararam dois ônibuss e obrigaram os motoristas a estacioná-los na Avenida Belmira Marin para que o trânsito fosse bloqueado.

A polícia informou também que o Grupo de Ações Táticas Especiais da Polícia Militar (GATE) foi chamado, já que havia suspeita de ter explosivos dentro do banco, mesmo após a fuga de parte dos suspeitos.

Por volta das 10h, segundo a SPTrans, a via seguia interditada, já que os veículos colocados para obstruirem a avenida só serão retirados após a perícia. Por conta do bloqueio, foram feitos desvios no sentido centro para que outros ônibus pudessem circular pela região, o que foi dificultado pelas ruas estreitas da região.

Leia também: 27 internos fogem de unidade do Degase no Rio; quatro servidores ficaram feridos

Não foi informado se os suspeitos conseguiram levar alguma quantia do banco . As buscas pelos fugitivos continuam.