Tamanho do texto

Ela era beneficiária no valor de R$ 60 mil do seguro e contou com a ajuda de dois comparsas e do filho, de 15 anos; autor dos disparos não foi identificado

Delegacia de Homicídios da Capital
Armando Paiva/Agência O Dia
Delegacia de Homicídios da Capital continua investigações para identificar e prender o autor dos disparos a mando da mulher

A Polícia Civil prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (3), uma mulher acusada de planejar a morte do marido no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Leia também: Idosa é morta com chave de fenda enterrada na cabeça no Rio; suspeito está preso

Segundo as investigações, Rejane Ferreira do Nascimento, de 33 anos, foi responsável pelo crime que matou Everaldo da Silva, de 52 anos, na última quinta-feira (27). A mulher era beneficiária no valor de R$ 60 mil do seguro de vida da vítima. O valor não chegou a ser pago.

Rejane participou da morte e da ocultação do cadáver, segundo a Polícia Civil. Além dela, o vizinho Cláudio Moacir Henrique, de 48 anos, e o irmão Alexandre da Conceição Henrique, de 53 anos, também foram presos pelos mesmos crimes.

Leia também: Em vídeo, miliciano assassinado em bar ironiza ameaça de morte feita por rivais

O filho da mulher acusada, um adolescente de 15 anos, foi apreendido por prestar auxílio material ao grupo e por ocultar ligações entre a mãe e os comparsas. As investigações continuam para identificar e prender o autor dos disparos.